Portal do Governo Brasileiro
Imagem mulher ...

Quem apoia a amamentação, merece reconhecimento

O Ministério da Saúde promove a campanha de apoio à amamentação no trabalho, incentivando a mulher trabalhadora a continuar amamentando após o término da licença-maternidade.

A campanha também pretende conscientizar empregadores a apoiarem a causa adotando uma série de medidas. É preciso destacar que quando a empresa apoia suas funcionárias a manterem a amamentação, todos ganham.

O bebê, que fica mais protegido contra diversas doenças. A mãe que, com o filho sadio, falta menos ao serviço e trabalha mais satisfeita. E o empregador, que ganha em produtividade e passa a ter uma imagem socialmente responsável.

Amamentação e trabalho. Para dar certo, o compromisso é de todos.

Dicas de amamentação

Confira algumas recomendações e informações importantes sobre a amamentação:

  • A amamentação não deve causar dor. Se a mulher sente dor, deve procurar imediatamente uma unidade básica de saúde ou Banco de Leite Humano;
  • Não existe leite fraco. O leite da mãe tem os nutrientes necessários para o bebê. Por isso, amamente até os dois anos ou mais e de forma exclusiva até o sexto mês de vida;
  • Não dê chupetas, bicos e mamadeiras, pois podem levar o bebê a rejeitar o peito da mãe, além de causar problemas nos dentes, na fala e na respiração;
  • Não use medicamentos sem a prescrição de um médico. Alguns deles podem interferir na amamentação;
  • Não é recomendado dietas para emagrecimento. A mulher que amamenta precisa ter uma alimentação saudável;
  • Bebidas alcoólicas e cigarros devem ser evitados; e
  • A mulher que usa drogas, como maconha, crack e cocaína, não deve amamentar.

Se você é mãe

Amamente seu filho por até dois anos ou mais. Nos primeiros seis meses, dê somente leite materno.

Para manter a amamentação, é essencial esvaziar as mamas quando estiver longe do bebê. Quando estiver com ele, procure amamentá-lo.

Procure saber se sua empresa possui sala de apoio à amamentação.

Amamentar evita alergias e protege a criança contra doenças.

Amamentar é bom para a saúde do bebê e também da mulher. Reduz as chances do desenvolvimento de câncer de mama e ovário e ainda auxilia a perda do peso ganho durante a gestação.

Se você é empregador

Implemente sala de apoio à amamentação no local de trabalho, onde a mulher possa retirar e armazenar o leite para, depois, oferecê-lo ao filho. Saiba mais

Disponibilize uma creche ou firme convênio com uma instituição próxima ao trabalho.

Adote a licença-maternidade de 6 meses aderindo ao programa Empresa Cidadã. Saiba mais

Empresas participantes

Veja a lista de empresas com salas de apoio à amamentação certificadas pelo Ministério da Saúde. Veja a lista

Voltar para o topo